ÁREA DE INTERVENÇÃO

 

 

A área de intervenção abrange a totalidade dos concelhos de Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas e Seia e 15 freguesias do concelho da Guarda. A zona da Serra da Estrela é uma zona de montanha, com cotas elevadas (máx. 2000 m), declives muito acentuados e solos sujeitos a erosão. O clima é caracterizado pelo contraste entre os Invernos frios e húmidos e os Verões quentes e secos. A região é rica em recursos hídricos, no seu seio nascem dois importantes rios portugueses: o Mondego e o Zêzere.

O ambiente do território, enquadrado pelo Parque Natural da Serra da Estrela, permite valorizar recursos naturais até agora subaproveitados diversificando a economia local e desenvolvendo actividades como a silvopastorícia, a apicultura, a piscicultura, a cinegética, o termalismo, o aproveitamento das ervas medicinais e aromáticas e da biomassa resultante da exploração florestal.

O território da Serra da Estrela é identificado em todo o país por ser a zona de maior altitude (onde no Inverno existe neve), pela paisagem natural (ambiente e recursos hídricos), património cultural (etnográfico e arquitectónico) e produtos locais, especialmente o Queijo Serra da Estrela. Actualmente, é o terceiro destino turístico do país e o principal destino de Inverno. Embora ainda apresente actividades de lazer e desportivas e produtos turísticos pouco diversificados, tem condições para o alargamento da oferta turística ao longo do ano.